APRESENTAÇÃO

A Revista Restauro dedica-se à publicação de artigos, entrevistas, resenhas e notícias que tenham como foco as ações de preservação, conservação e restauro do patrimônio cultural, abarcando artefatos artísticos, museológicos, arquitetônicos e urbanos. Nosso intuito é construir um espaço acessível para abrigar discussões criteriosas sobre questões envolvidas na preservação, expandindo o debate para um público mais amplo, além da esfera acadêmica e profissional. Diante da ampliação das discussões sobre o conceito de bem cultural e do crescente envolvimento de diferentes atores sociais nos processos de identificação, valorização e fruição dos objetos patrimoniais, as tradicionais indagações do campo da preservação – o que preservar, por que, para quem e de que maneira? –, nos impelem a um necessário e renovado debate: contínuo, coletivo e multidisciplinar. Com relação aos processos de salvaguarda, é necessário ressaltar que quaisquer intervenções em bens culturais possuem dimensões teóricas e técnicas que não podem ser menosprezadas frente às demandas imediatistas veiculadas pelo mercado imobiliário, pelo turismo predatório ou pelas diversas modalidades de apelo político e midiático. Acreditamos que este conhecimento especializado – que em nosso entendimento inclui tanto a formação institucionalizada como os saberes e fazeres tradicionais – deve ser empregado de maneira rigorosa e responsável, promovendo ações em favor do principal personagem das ações preservacionistas: a própria sociedade. Para tanto, além de buscar uma interlocução maior entre profissionais e estudiosos do setor, é preciso difundir amplamente esses conhecimentos e práticas, colocando-os em debate junto aos diferentes grupos sociais envolvidos na preservação. O acesso à informação e a participação ativa nas discussões e decisões são ferramentas indispensáveis para que a sociedade adquira autonomia e efetivo protagonismo nos processos preservacionistas. É nesta direção que esperamos contribuir.

A Revista Restauro é composta por 6 seções principais com periodicidade semestral, além da seção Em Foco, que abriga conteúdo constantemente atualizado:

Matéria de Capa: apresentação do tema principal da edição, abrindo caminho para a abordagem das demais seções;

Patrimônio e Memória: estudos de cunho teórico sobre história, patrimônio e memória, história da arte e da arquitetura; debates sobre questões teóricas e conceituais envolvidas na preservação; notas biográficas, resenhas e traduções comentadas;

Intervenções: análises de ações de intervenção em bens culturais realizadas em diferentes momentos históricos, podendo abranger o estudo pontual de uma obra; discussões sobre técnicas e métodos específicos de conservação e restauro; apresentação de novos materiais, equipamentos, métodos de levantamento, softwares etc.

Do projeto ao restauro: análises de projetos de conservação e restauro em sua inteireza, desde a concepção até a execução. O intuito é compreender as questões teóricas e práticas envolvidas na ação projetual, desde os procedimentos de levantamento e concepção conceitual da intervenção até a definição das soluções técnicas adotadas, elaboração gráfica e prática de canteiro;

Museus a acervos: discussões sobre ações de conservação e restauro de acervos móveis e iniciativas de preservação sediadas em instituições museológicas. Além de estudos sobre o tratamento de acervos em geral, esta seção abre espaço para a divulgação de ações de preservação desenvolvidas no interior das instituições, desde restauros de obras de arte e outros artefatos até debates sobre ação educativa e difusão cultural;

No Canteiro: análises de visitas a obras de restauros em andamento ou recém-concluídas. A ideia é enfocar o restauro na prática, as técnicas empregadas, detalhes de obra e metodologias de projeto.

Em Foco: conteúdo constantemente atualizado, voltado a notícias, entrevistas, eventos e relatos de experiências encaminhadas por nossos colaboradores.

Este espaço de debate está em contínua construção. Todos os interessados na preservação do patrimônio cultural estão convidados a contribuir e a nos acompanhar neste projeto, como leitores ou autores.